Se eu fosse pobre… GUIA PARA MUDAR SUA VIDA.

Mais um post que vão pegar no meu pé….
Mas lá vai ele. Você já reparou como sempre as pessoas comentam que não tem oportunidades na vida?

O post sobre a sátira do Morro do Dendê, rendeu críticas e xingamentos, mas estamos ai para isto.
Eu respondi, que se eu fosse morador de uma região de baixa renda, faria exatamente o que eu fiz para ganhar a vida, ou seja, estudar, profissionalizar-me, trabalhar e batalhar!

Vamos ver, qual a diferença (tirando a parte de habitação), de morar numa região pobre, média, média alta ou ser ricão? Acho que o pobre tem muitos problemas por uma história natural, assim como o rico também tem seus desleixos e acomodações por sua criação….

Direitos iguais existe, vá atrás e faça o seu.

Todo problema do post, veio porque falei que alguns maloqueiros estavam ouvindo funk em alto volume no ônibus, tá e daí? Nunca se leu a plaquinha de proibido o uso de aparelhos sonoros? Ok, mas o fundamento não é este…. vamos além.
Ser pobre, vem como primeiro julgamento, – Eu não tenho oportunidades, estou fodido e nada vai melhorar. OK. Se você pensa assim, clique no X do canto que nada neste blog lhe será útil.
Se a minha mãe fosse assim, eu estaria mais fodido e teria que ter ralado o dobro… E assim seria se meus avós o tivessem feito…
– Começar é algo para agora, se seu pai é um bebado e não faz nada além de reclamar, FAÇA SUA PARTE.
– Se sua mãe vive rezando a espera de um milagre, foda-se, FAÇA SUA PARTE.
FAÇA SUA PARTE, GUIA DO GMarcos PARA GANHAR A VIDA SAINDO DA POBREZA, SEM DÍZIMO, SEM MILAGRE, SEM ROUBALHEIRAS E COM CATEGORIA!
Hoje em dia, ainda mais em ano político, fica evidente a gama de oportunidades que a população de baixa renda tem a seu dispor e as vezes NEM CONHECE ou nem procura se informar.
A UPS leste, tem quase 50% de alunos vindo de escolas públicas, hoje EU (sim EU, GMarcos, em pleno sábado), fui a uma escola pública do meu bairro e vi toda uma movimentação das incrições para a Fuvest, adoscelentes, adultos, todo mundo indo lá, FAZER A PARTE DELES.

Para quem não conhece, fazem alguns anos já, o Governo do Estado de São Paulo, criou o programa Escola da Família. Aonde a comunidade, alunos, pais, podem ir na escola durante o final de semana, para aulas de reforço, atividades culturais, sociais, cursos de informática, cursos profissionalizantes…

Pausa para uma pergunta séria: – Que tipo de pessoa, vai, de boa vontade, na aulas de segunda a sexta feira, sem ir para matar aula (ou matar o professor), sem ir para jogar futebol, comer merenda, ou usufluir de outro fim, sem priorizar o estudo? POUCAS, mas BONS alunos e alunas de baixa renda.

Hoje em dia, é possível participar de concursos de bolsas de ensino em escolas particulares, faculdades (sem contar as cotas), temos centenas de cursos profissionalizantes rolando em Sesi, Senai, Senac’s da vida. O governo tem também o programa. Jovem Aprendiz.

O Jovem Aprendiz (antigamente conhecido como Menor Aprendiz), abrange e dá uma oportunidade para jovens do ensino médio entre 16-24 anos (LEIAM BEM, ATÉ 24 ANOS), de iniciar o primeiro emprego em uma empresa responsável, se capacitar, aprender uma profissão. Isto com contrato de 2 anos, além de um curso na rede Senac relacionado a profissão escolhida.

E para os que se dedicam na escola e aprendem o correto português sem as gírias de marginal, fica mais fácil conseguir aprender um segundo idioma, existem os Núcleos de Educação Popular, que oferecem cursos de português, matemática, inglês, espanhol… E em São paulo, temos o Projeto Inglês para São Paulo, aonde em 5 meses de estudo, o aluno já tem noções do idioma, cujo curso é ministrado por professores da USP.

E meus amigos, se vocês estão na internet, lembre-sem que ela é muito mais do que orkut, msn e youtube. É possível para os autodidatas, aprender através de milhões de apostilas, o uso de softwares, matemática, história, geografia, LER LIVROS também é uma opção que existe sabiam miguxos?

Porra é até possível aprender Alemão, Russo, Filipino pela internet!

PERA LÁ PERA LÁ….

Guten Tag, Good Morning...

Quer dizer então, que eu posso estudar de graça, me dedicar, aprender informática, idiomas, me preparar para uma profissão, participar do programa Jovem Aprendiz, aonde irei trabalhar em GRANDES Empresas (Petrobrás, Unibanco, Telefonica, entre inúmeras multinacionais)…

SIM! Tudo isto de GRAÇA!

Até os CATADORES DE PAPEL, muitos deles escrevem em seus carrinhos: “Não me inveja, TRABALHE”.
Vai sobrar pra mim? Pro GMarcos que é mal por natureza, a culpa de você ainda ser pobre?

Vá e faça sua parte… Tem rico que estuda em escola particular, faz faculdade particular e mesmo depois de formado não consegue emprego numa padaria qualquer…. E você pode aprender praticamente TUDO que quiser e trabalhar numa multinacional com todos amparos legais do Governo, A CULPA É MINHA?

Por isto digo, se você vier como coitadinho, tem mais que se foder mesmo. Vá e faça sua parte, não botei links dos projetos nem nada, para VOCÊ ir lá e FAZER SUA PARTE DE PROCURAR o que lhe interessa.

E para os que comentaram no post do Morro do Dendê, aqui termina de forma bem clara qual meu pensamento, se você vai crescer sonhando em ser cantor de funk, ótimo, se vai batalhar para ser um executivo, juiz, médico, engenheiro, ótimo. As chances estão ai para todos.

Mas eu NUNCA, NUNCA, vou ter dó de ninguém, rico ou pobre, marmanjo de 24 anos que nunca trabalhou nem estudou, tem mais que padecer mesmo.

Uffa, bom final de semana, e leiam tudo antes de agredir, afinal, Faça sua parte, se informe antes de julgar quem realmente sou🙂

6 respostas para Se eu fosse pobre… GUIA PARA MUDAR SUA VIDA.

  1. Bozo disse:

    Primero quer explodir 1 morro depois quer da uma de professor, vc se contradiz tanto e fala tanta merda que fica ate feio. e não vou começar outra discução com uma pessoa com a mente pequena que nem você, não vale a pena, parabéns pelo Blog galera mas cuidado com quem vcs escolhem pra ajudar nos post tem muita criança de mente fraca por ae :8

  2. gmarcos disse:

    Que credibilidade você tem? Comentando como Bozo e Ricardo Sea ao mesmo tempo…

  3. Dinho. disse:

    Gostei do puxão de orelhas, realmente de vez enquanto me pego me colocando como coitadinho.
    mais isso irá mudar, pois tenho saúde e um mundo de oportunidades me esperando e é só eu lutar.

    bom final de semana.

  4. Maria da Graça disse:

    Prezado Amigo! Sou de um tempo que mulher não precisava estudar. Ainda por cima com oito anos perdi meu pai. Trabalhava de casa em casa e estudei. Fiz primário, ginásio e vestibular para o normal, tudo em escola pública. Mas na minha terra não tinha trabalho vim para a Capital. sem ter onde morar, tive que trabalhar de doméstica. Estudei, casei, fiz concurso, passei a ser funcionária federal, separei, criei minhAs filhas e fiz vestibular em 1985 para direito na PUC/RS, com 34 anops a faculdade não apostava nos mais velhos, faziam de tudo para que desistíssimos. Venci, fui graduada, melhor colega da turma, passei a ser Advogada(COM Nº DE OAB) em 1990 e quando aposentei como funcionária, passei a ser advogada. POR ISSO É VERDADE NÃO ME INVENJE, ESTUDE E VÁ PRA FRENTE!!! ABRAÇOS

  5. Cássia disse:

    Marcos, Concordo com vc! as oportunidades estão aí para todos, basta estudar e se dedicar! Temos bons exemplos de superação no Brasil. Existem as universidades publicas que estão aí com as portas abertas para todos! se ter estudado em colegio publico antes era desculpa para não passar no vestibular, hj existe o sistema de cotas e os cursinhos pre-universitarios populares. para quem trabalha e nao tem tempo de estudar, existe a opção da faculdade na modalidade EAD (ensino a distancia)cujo custo dos cursos é muito mais em conta que no sistema presencial de ensino, existe tbm cursos universitarios a distancia por instituições publicas de ensino (a exemplo do cederj, no rio de janeiro)… fora os concursos para o emprego publico onde vc estuda, passa e ganha muito bem só com nivel medio. parabens pelo post… é tudo uma questão de esforço.

  6. Cássia disse:

    ah, o BOZO não é BOzo à Toa…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: